sexta-feira, 25 de abril de 2014

MINIATURAS - MODELISMO

O RESGATE DE UM CAMINHÃOZINHO

  
DIA DESTES, AO ABRIR UMA DAS CAIXAS EM QUE GUARDO MINHAS MINIATURAS, PARA SELECIONAR ALGUMAS QUE IRIAM FAZER PARTE DO RODIZIO COM AS MINIATURAS DAS PRATELEIRAS,  UM PEQUENO VOLUME CUIDADOSAMENTE EMBALADO EM PLÁSTICO BOLHA BEM NO FUNDO DA CAIXA, ME CHAMOU A ATENÇÃO.
SEM MAIS LEMBRAR QUAL ERA O CONTEÚDO DAQUELE PACOTE, COM MUITA CURIOSIDADE  ABRO O EMBRULHO E PARA MINHA GRATA SURPRESA, DEPARO ME COM UMA MINIATURA EM PLÁSTICO DE UM “CAMINHÃOZINHO COM UMA CARRETA A REBOQUE”.


NAQUELE MESMO INSTANTE, COMO POR ENCANTO AO OLHAR AQUELE CAMINHÃOZINHO, TODA UMA HISTÓRIA INICIADA HÁ MAIS DE CINQUENTA ANOS VEIO À MINHA LEMBRANÇA OU SEJA:
LÁ PELOS IDOS DE 1960, EU AINDA UM GAROTO DE DOZE PARA TREZE ANOS QUE BRINCAVA DE CARRINHO,  FUTEBOL DE BOTÃO,  BOLINHA DE GUDE, EMPINAVA PAPAGAIO E TIRAVA CORRIDA COM CARRINHOS DE ROLIMÃ (HOJE UM GAROTO DE TREZE ANOS NÃO BRINCA MAIS DE CARRINHO  E NEM JOGA MAIS BOLINHA DE GUDE, OS GAROTOS DE HOJE,  NAVEGAM NA INTERNET,  DÁO UM RÔLE NAS QUEBRADAS PARA PAPAR AS MENININHAS QUE RAPIDINHO TORNAM-SE PREMATURAS MAMÃES,  E PROTEGIDO PELO “ECA” FAZEM COISAS QUE  NEM OS MUITO ADULTOS FAZIAM )  ACABAVA DE COMPRAR NA LOJA DE FERRAGENS DO “Sr. GENTIL”,  QUE FICAVA LÁ NA AV. DOS IMARÉS, UM CAMINHÃOZINHO COM CARRETA, PARA QUE O MESMO VIESSE FAZER PARTE DA MINHA FROTA DE TRANSPORTES QUE EU CRIARA NO MEU LUDICO E IMÁGINÁRIO MUNDO DE BRINCADEIRA.
O TEMPO PASSOU, E AQUELE "CAMINHÃOZINHO" QUE  TANTOS SERVIÇOS HAVIA PRESTADO NA TRANSPORTADORA, JÁ NÃO COMBINAVA MAIS COM A “NOVA FASE” DO MEU MUNDO, QUE JÁ NÃO ERA TANTO DE BRINCADEIRA.
ASSIM SENDO “ÊLE”  JUNTO COM OUTROS BRINQUEDOS FOI PARA O FUNDO DO BAU.
ALGUNS ANOS SE PASSARAM, ATÉ QUE LÁ PELOS IDOS DE 1975, PROCURANDO NO FUNDO DO BAÚ, ALGUM BRINQUEDO QUE PUDESSE VIR A SER ÚTIL PARA COMPOR UM DIORAMA DE MILITARIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, RESGATO NADA MAIS NADA MENOS QUE O TAL “CAMINHÃOZINHO E A SUA CARRETA”.
RAPIDAMENTE COM AUXILIO DE UM PINCEL E TINTAS OPACAS DE CAMUFLAGEM CONVERTO AQUELE “CAMINHÃOZINHO DE BRINQUEDO” EM  UMA MINIATURA DE TRANSPORTE MILITAR QUE PASSARÁ A FAZER PARTE DO TAL DIORAMA.
ALGUM TEMPO VAI PASSAR, ATÉ QUE EM UM DETERMINADO DIA, PARA PODER ACOMODAR UMA PRATELEIRA DE LIVROS E BRINQUEDOS INFANTIS PARA OS BEBES QUE ACABAVAM DE CHEGAR NA FAMÍLIA, O "CAMINHÃOZINHO E A SUA CARRETA" SAEM  NOVAMENTE  DE CENA, E CUIDADOSAMENTE EMBALADOS NUM PLÁSTICO BOLHA, VOLTAM  AO FUNDO DO BAÚ.
NOVAMENTE ALGUNS ANOS VÃO PASSAR, ATÉ QUE OS BEBES JÁ PESSÔAS ADULTAS SEGUIREM O SEU DESTINO, E O ESPAÇO QUE ATÉ ENTÃO ERA PARA ÊLES, PASSAR A SER OCUPADO POR NOVAS PRATELEIRAS PARA ACOLHER EM SISTEMA DE RODIZIO, MINHAS MINIATURAS DE CARROS E CAMINHÕES.
DEPOIS DE TODA ESTA LEMBRANÇA, NÃO SERIA AGORA JUSTO DEVOLVER NOVAMENTE PARA O FUNDO DO BAÚ O “CAMINHÃONZINHO E SEU REBOQUE”.
PORÉM UMA DUVIDA FICOU: - QUAL DOS CAMINHÃONZINHOS COM REBOQUE DEVERIA IR PARA A PRATELEIRA ?  O “CAMINHÃONZINHO ORIGINAL” COM O QUAL EU TANTO BRINQUEI NOS MEUS DOZE E TREZE ANOS DE IDADE OU O “CAMINHÃOZINHO CONVERTIDO” QUE POR UM BOM TEMPO  DECOROU O MEU ESCRITÓRIO NUM DIORAMA DE MILITARIA ?
SEM MUITO PENSAR  RESOLVO: “NEM UM NEM OUTRO” .... 
“ OS DOIS VÃO PARA A PRATELEIRA” E ASSIM O RESGATE FOI FEITO .

1. PASSO - PREPARAR O CAMINHÃOZINHO RESGATADO PARA SERVIR DE
 MATRIZ PARA CÓPIA DE UM SEGUNDO CAMINHÃOZINHO:


2. PASSO - FAZER O MOLDE DO TRUCK E DAS RODAS EM BORRACHA 
DE SILICONE E GERAR UMA CÓPIA EM RESINA.



3 . PASSO - MONTAR A CÓPIA EM RESINA E COMPARAR COM A MATRIZ 
PARA AJUSTES


4. PASSO - RESTAURAR O CAMINHÃOZINHO E A CARRETA COM AS CORES ORIGINAIS E REFAZER O BAÚ EXTRAVIADO.


5. PASSO -  TERMINAR A MONTAGEM DO TRUCK EM RESINA E  FAZER UMA CÓPIA DA CARRETA ORIGINAL EM PLASTI POLI


6. PASSO - PINTURA DO NOVO CONJUNTO COM AS CORES DO MODELO 
QUE COMPUNHA O DIORAMA DE MILITARIA.


7. PASSO - ENVIAR OS DOIS MODELOS PARA A PRATELEIRA ATÉ QUE UM DIA VENHAM A SER SUBSTITUÍDOS EM UM RODIZIO OU VOLTEM AO
 BAÚ POR FORÇA DO DESTINO.





===========================

2 comentários:

  1. Olá, Hiperfanauto,

    Muito obrigado pela bela história contada neste post. É por sua memórias que sempre venho ao seu blog!

    Um grande abraço,

    Mauther

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mauther,

      E com grande satisfação que recebo suas palavras de incentivo e consideração.
      Agradeço a sua visita ao meu blog, a qual é sempre muito bem vinda.

      Um grande abraço,

      Hiperfanauto

      Excluir

Muito obrigado por prestigiar o meu blog.
Seu comentário é de grande valor para mim.
Após comentário, não esqueça de se identificar.
Infelizmente correspondências anonimas não poderão ser mais consideradas.